Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Sesi Vôlei Bauru anuncia chegada de Ana Beatriz Correa para nova temporada

O Sesi Vôlei Bauru anuncia mais um reforço para a temporada 2024/2025: Ana Beatriz Silva Correa, mais conhecida como Bia. A central chega para a equipe bauruense após três temporadas no exterior, a última pelo Roma Volley Club Femminile, da Itália.

A chegada de Bia marca também seu retorno para o projeto do Sesi-SP, pelo qual já jogou por quatro temporadas durante sua carreira, inclusive vencendo o Campeonato Sul-Americano Feminino de Clubes na temporada 2013/14. E essa relação antiga com o projeto foi um dos fatores determinantes para sua decisão de acertar com o Sesi Vôlei Bauru.

“Eu já joguei pelo Sesi, fui muito feliz e conquistei muitas coisas importantes! Foi ali que me firmei como jogadora, então sei do comprometimento e da responsabilidade das pessoas que trabalham no time. Minhas expectativas são as melhores possíveis, espero fazer meu melhor e conquistar títulos com essa camisa”.

Bia será do Sesi Bauru (Foto: arquivo pessoal)

A central tem muita experiência nacional e rodagem internacional, além de já ter representado e conquistado medalhas pela Seleção Brasileira. No Brasil, foi campeã da Superliga, bicampeã da Copa Brasil e tricampeã do Sul-Americano Feminino de Clubes.

Já internacionalmente, na sua primeira temporada na Itália, a atleta foi campeã da CEV Challenge Cup, junto ao Savino Scandicci. Sua primeira convocação para a seleção brasileira principal foi em 2017, após fazer todas as categorias de base. Bia foi vice-campeã das Olimpíadas de Tóquio em 2021, campeã do Grand Prix de 2017, e foi vice-campeã duas vezes da Liga das Nações de Vôlei.

Em prêmios individuais, a central foi a melhor da sua posição no Grand Prix de 2017, no Sul-Americano de seleções e na Liga das Nações de Vôlei em 2019. Além disso, foi escolhida a melhor bloqueadora da Superliga 2017/18.

Bia tem 1,87m, 32 anos e começou sua carreira em Sorocaba, sua cidade natal. Rapidamente foi para Osasco e, desde então, teve passagem pelo Praia Clube, Rio de Janeiro, Savino e Roma na Itália, e o Kuzeyboru na Turquia. Além disso, jogou pelo Sesi-SP por quatro temporadas.